in

Especialista revela os motivos pelos quais os homens casados se apaixonam por outras mulheres

Para começo de conversa, é muito mais fácil falar do que fazer. No papel, o assunto ‘matrimônio’ é muito mais fácil que na realidade.

Quando nos enamoramos e nos casamos, não temos ideia de como será a nossa vida de casado. Pensamos que irá ser perfeita, que não vamos descuidar de nós, que iremos ser sempre felizes e que o nosso marido irá sempre nos amar, mas a verdade é que nem sempre é assim que acontece.

Mas o que aconteceu com aquele amor todo? Por que já não é o mesmo? Que aconteceu com toda aquela paixão inicial? Por que parece que ele não desfruta mais o tempo que passa com você?

Em vez de focarmos numa possível amante e na possibilidade de que ele se apaixone por outra, vamos focar no que realmente importa: você e sua felicidade.

As razões pelas quais os homens se apaixonam por outras mulheres

Quando foi a última vez que você se mostrou feliz? Pois a “outra” é especialista em mostrar-se feliz o tempo todo.

“Os homens me dizem que querem fazer suas mulheres felizes. Mas elas não lhes explicam de que maneira e ainda ficam bravas se eles não acertam”, explica a coach de relacionamentos Kara Oh.

Os especialistas explicam que uma das formas que os homens se sentem felizes e mais apegados às suas mulheres é fazendo com que elas se sintam felizes.

Falando com sinceridade, no início da relação nos mostramos felizes e festejamos tudo o que esse homem faz por nós. Mas com o tempo e a convivência, começamos a reclamar por tudo, nos fechamos em nós mesmas e deixamos de ser felizes.

Essa atitude afasta qualquer um do nosso lado, não somente o homem que amamos. Ser feliz é uma decisão que devemos tomar todos os dias.

Se aquilo que ele faz não te deixa feliz, diga com delicadeza, assim ele não adivinha errado e sente pior.

Quando foi a última vez que você colocou como prioridade desfrutar da intimidade com seu companheiro?

Na verdade, quando os filhos chegam e as obrigações aumentam, manter a chama da paixão às vezes se faz difícil, mas isso é algo normal e você não tem culpa de nada.

No entanto, a maioria das mulheres comete o erro de ter intimidade como se fosse uma obrigação, esquecendo de como se sentia bem.

Aaron Anderson, especialista nos relacionamentos de casais, explica que “os homens utilizam a intimidade como uma forma de se conectar com a mulher que amam, como uma maneira de confirmar seus sentimentos dia a dia. Agem assim porque se sentem bem e é sua maneira preferida de passar o tempo com a sua mulher”.

Quando isso acontece, a relação começa a se converter em convivência, em amizade, ou em tolerância, fazendo com que alguns casais esqueçam qual foi o sentimento que alguma vez os uniu.

Embora não demonstrem, eles querem estabilidade

Ambos, homem e mulher, querem o mesmo. Mas às vezes as mulheres pensam que eles não necessitam de nossa aprovação ou elogios. Damos por certas que ele nos tem na palma da mão e, por nossa própria insegurança, em vez de sermos como éramos no início, tratamos de semear a dúvida na relação.

Dar segurança a uma união estável é o mais correto a ser feito. Os jogos de manipulação não funcionam.

Você se pergunta como faz ele se sentir

Quando nos apaixonamos, fazemos questão de mostrar o melhor de nós e são essas qualidades pelas quais eles se apaixonam. O mal é que, na maioria das relações, nos convertemos em alguém que só exige e nada damos em troca para que ele seja feliz.

“Os homens que se apaixonam por outra mulher quase nunca o fazem porque ela é mais jovem ou mais bonita”.

É o que diz Aaron Anderson, acrescentando que tudo tem a ver em ‘como a mulher faz o homem se sentir’.

O que você não deve esquecer

Não estamos querendo dizer que, quando um homem se apaixona por outra mulher enquanto está casado, a culpa é da esposa. Isso quer dizer que um casamento requer trabalho para que funcione, e essa responsabilidade é dos dois.

Ele tem as mesmas obrigações para com você, ele também tem que fazer você feliz. Mas isso só se consegue se ambos se lembram constantemente que estão juntos para ser felizes e não para fazer a vida impossível ao outro.

Ambos devem usar o diálogo para que se lembrem por que estão juntos, o que foi que os uniu e por que se amam. Também devem ter consciência que a felicidade é para ser alcançada juntos. Que devem colocar a relação como prioridade.

Se aquilo que sentem um pelo outro morre, então não estarão juntos para criar os filhos, por isso a diversão, o tempo juntos, a intimidade, as aventuras, as brincadeiras, a cumplicidade e tudo o que os une deve ser mantido vivo, e isso é responsabilidade dos dois

 

FONTE: ALTAS CURIOSIDADES

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

Deixe seu comentário: