in

6 Razões Para um Período Menstrual Irregular

período menstrual irregular
período menstrual irregular

Seu período menstrual muitas vezes chega tarde demais ou muito cedo? Irregularidade freqüente pode ser um sinal de outros possíveis problemas e desequilíbrios hormonais. Leia mais para conhecer as 6 principais razões para um período menstrual irregular.

As mudanças em seu período e menstruação irregular podem ser causadas por muitos fatores diferentes. É por isso que o é melhor recorrer a um especialista para descartar grandes problemas e ser diagnosticada.

O ciclo menstrual é um processo biológico e hormonal que as mulheres passam e que está envolvido em muitos aspectos físicos e mentais da saúde.

Geralmente, ocorre a cada 28 dias. Geralmente dura de 3 a 6 dias, dependendo da atividade hormonal no corpo de cada indivíduo.

Durante cada ciclo, ocorre uma série de mudanças que desempenham um papel direto nas questões sexuais e de fertilidade, embora muitos tentem ignorá-las.

Além disso, aparecem em diferentes formas e em diferentes fases da vida. Isso ocorre porque a produção hormonal varia consideravelmente entre a puberdade e a menopausa.

Ainda assim, é essencial entender como interpretar as irregularidades quando elas surgem, pois elas podem indicar problemas de saúde ou distúrbios hormonais.

O fato do período vir cedo ou muito tarde pode ser a chave para detectar outras anormalidades. E embora não haja nenhuma razão para assumir que algo grave está errado, é importante prestar atenção para evitar complicações.

Muitas mulheres que têm períodos irregulares não entendem o porquê. É por isso que aproveitamos esta oportunidade para compartilhar as 6 razões mais comuns para um período menstrual irregular.

período menstrual irregular
Período menstrual irregular

6 Razões Para um Período Menstrual Irregular

1. Problemas da tireoide

Os distúrbios relacionados à atividade da glândula tireoide são os principais fatores desencadeadores de períodos irregulares.

Dado que este órgão produz hormônios importantes, os desequilíbrios tireoidianos estão ligados a pelo menos 15% dos casos de amenorreia ou períodos irregulares.

Alguns o consideram a “glândula mestra”, porque trabalha para controlar o sistema endócrino, o metabolismo, e a atividade sexual.

2. Acabar com o uso de métodos anticoncepcionais

Contraceptivos orais são projetados para o controle de natalidade e para evitar que uma mulher engravide.

Essas pílulas mantêm altos níveis de estrogênio. O corpo interpreta isso como gravidez, o que impede a fertilização.

Depois de tomá-los por 21 dias, há uma semana de “descanso”, você tem um período completamente regular.

O problema é que muitas vezes, as irregularidades aparecem quando você para de tomar essas pílulas. Pode até não haver qualquer menstruação devido às alterações hormonais.

Estima-se que 29% das mulheres que param de tomar a pílula após o uso regular não têm período menstrual de até 3 meses.

3. Treinos de alta intensidade

Exercícios de alta intensidade podem influenciar mudanças nas glândulas supra-renais, tireoides e glândulas pituitárias, que geralmente aparecem junto com alterações menstruais.

Por exemplo, as mulheres que correm maratonas ou competem em outros empreendimentos atléticos param de receber seus períodos de um ou dois meses por causa das mudanças na atividade hormonal.

Na verdade, 81% dos atletas do sexo feminino tiveram períodos irregulares em algum momento de suas vidas.

4. Desequilíbrios hormonais

Desequilíbrios hormonais, como aqueles causados ​​pela síndrome do ovário policístico (SOP), são uma causa comum de irregularidades do ciclo menstrual.

Esta condição altera os níveis de hormônios sexuais, incluindo estrogênio, progesterona e testosterona.

Como resultado, os ciclos menstruais são alterados, produzem outros sintomas como o crescimento do cabelo do corpo de forma anormal, acne e mudanças repentinas de peso.

Outro problema hormonal que causa é chamado de “menopausa prematura”, ou em outras palavras, a menopausa que começa antes dos 40 anos.

Neste caso, os períodos irregulares são acompanhados por:

Secura vaginal
Suores noturnos
Mudanças de humor constantes

5. Alergias e sensibilidades alimentares

A intolerância alimentar e alergias têm muito a ver com o aparecimento de irregularidades no ciclo menstrual.

Eles quase sempre comprometem a atividade da glândula adrenal, o que aumenta o estresse e os desequilíbrios nos hormônios sexuais.

6. Deficiências nutricionais

As deficiências nutricionais também afetam o funcionamento adequado da tireoide e das glândulas supra-renais.

Uma dieta pobre em antioxidantes, vitaminas, minerais e probióticos podem aumentar os níveis de cortisol e levar a distúrbios como hipotireoidismo e fadiga adrenal.

Níveis elevados de cortisol não apenas aumentam o estresse, como também inibem a atividade de muitos hormônios importantes, incluindo os responsáveis ​​pela atividade sexual.

No primeiro sinal de irregularidade menstrual, é crucial para se certificar de que você come uma grande variedade de alimentos altamente nutritivos.

Em geral, é muito importante saber os fatores associados com irregularidade menstrual, a fim de tratá-los adequadamente.

Além disso, é uma boa ideia ir ao médico para verificar os níveis de hormônios mais precisamente.

Gostou de conhecer as 6 razões para um período menstrual irregular? Não se esqueça de deixar o seu comentário abaixo e compartilhá-lo em suas redes sociais!